10 dicas para estimular a criatividade das crianças

Quem tem filho sabe: crianças são seres naturalmente curiosos. Afinal, na primeira infância tudo é novidade – basta observar o encantamento de um bebê admirando as próprias mãos ou a facilidade com que os pequenos encontram tudo aquilo que não deveriam pela casa. Então, por que não aproveitar essa inclinação natural e estimular seu filho a ser ainda mais criativo do que já é? Separamos dicas para estimular a criatividade das crianças.

Afinal, exercitar a criatividade pode trazer benefícios que vão durar ao longo de toda a vida do seu filho. Diferentes estudos já estabeleceram ligações entre a realização de atividades criativas e o aumento da sensação de felicidade, aumento da capacidade cognitiva, melhora na saúde mental e no sistema imunológico.

Claro que as crianças (e adultos) podem exercitar a própria criatividade por meio de atividades como pintura, desenho e musicalidade. Mas também é possível incluir a criatividade nas ações do dia a dia, de modo que ela se torne natural na vida do seu filho. E é isso que a Twinkl vai mostrar neste post!

10 ideias para incentivar a criatividade do seu filho

Incentivar seu filho a ser criativo não significa apenas disponibilizar ilustrações para colorir, embora esta também seja uma possibilidade. Aqui temos dez ideias super práticas para estimular a criatividade nas crianças por meio atividades diárias:

  1. Incentive a resolução independente de problemas: se seu filho está com dificuldades para resolver um problema, estimule que ele busque soluções perguntado o que ele pensa. Tente obter o maior número possível de ideias para resolver a situação – você pode até ajudar, mas sem dar respostas prontas. E não importa se o assunto é o dever de casa ou uma briga com os amiguinhos – a ideia é que a criança tente encontrar diferentes alternativas para depois escolher entre elas.
  1. Brinque com seu filho: que tal perseguir dragões, encontrar um tesouro ou salvar o mundo? Pode parecer uma ideia boba, mas propor uma diversão livre (sem regras muito fixas) é uma ótima maneira de incentivar seu filho a ser criativo. Afinal, ele vai precisar usar muito a criatividade para criar o enredo da brincadeira.
  1. Recontar uma história: quando você e seu filho lerem um livro ou assistirem um filme juntos, vale a pena encorajar seu filho a recontar parte da história. Você também pode criar hipóteses no formato de perguntas. Por exemplo, se vocês leram a história da Chapeuzinho Vermelho, pergunte à criança o que ela acha que teria acontecido se, por exemplo, o lobo da história da Chapeuzinho Vermelho fosse bonzinho.
  1. Dê exemplo: exercite você também a sua própria criatividade. Artesanato, tricô, pintura, colagem, fotografia, tocar um instrumento… todas estas são atividades criativas. Ao ver que você inclui a criatividade na sua rotina, seu filho também vai se sentir estimulado a absorver isso.
  1. Tente relevar um pouco a sujeira: nem sempre as brincadeiras criativas das crianças se dão dentro de casa, em um ambiente totalmente limpo. Às vezes, elas envolvem dançar na chuva, brincar na lama ou na grama, transformar um arbusto em uma esconderijo secreto e fazer castelos de areia.
  1. Pegue alguns gravetos e pedras: Quando vocês forem passear em algum parque, deixe seu filho pegar alguns elementos naturais como folhas, pedras ou flores caídas. Depois, ele pode criar desenhos e colagens misturando tinta e os objetos que recolheu.
  1. Deixe seu filho relaxar: escola, creche, dever de casa, turno inverno, aula de violão, aula de inglês… hoje em dia, o tempo das crianças tende a ser bastante direcionado. Claro, estes aprendizados são muito importantes, mas também é legal que a criança tenha algumas horas de “ócio” na semana – ou seja, tempo não estruturado. Pode parecer estranho, mas o tédio estimula muito a criatividade! Com tempo para descansar e se sentir entediado, o cérebro do seu filho vai sentir a necessidade de criar novas maneiras de se distrair, além de abrir espaço para a espontaneidade.
  1. Incentive as brincadeiras de faz de conta: você pode juntar os ursinhos de pelúcia e transformar a sala de estar em um consultório veterinário, por exemplo, ou reunir alguns objetos da casa para fazer um mercadinho. Ao interpretar um personagem, a criança está usando a criatividade para inventar a história e as suas próprias características. Além disso, brincar de faz de conta trabalha a imaginação, a comunicação e a resolução de problemas.
  1. Valorize mais o esforço do que o resultado: é importante reconhecer principalmente o empenho do seu filho nas tarefas. Seja na hora de fazer o dever de casa ou resolver um conflito com os amigos, é benéfico que seu filho saiba que está sendo valorizado por não desistir de encontrar uma solução.
  1. Recicle caixas de papelão: da próxima vez que você comprar algo, deixe a caixa de papelão com seu filho. As crianças são ótimas na hora de usar a criatividade para transformar materiais simples em itens especiais para brincadeiras. Pode ser que seu filho acabe construindo um barco, um fogãozinho, uma casa de bonecas ou uma pista para carrinhos. O que importa é que ele estará colocando a cabeça para funcionar durante esse processo!

Além das dicas acima, procure estar disponível para passar tempo de qualidade com o seu filho. Brinquem juntos, se divirtam, assistam filmes, cozinhem… O que importa é vocês fazerem, em família, algo de que gostem. Afinal, muitas destas tarefas têm um mega potencial criativo esperando para ser explorado por vocês. Aproveitem!

_____________________________________________

Fontes: Ten Ways to Encourage My Child to Be Creative, Benefits of Role Play Games in Early Years, A importância de brincar para o desenvolvimento infantil 


Deixe seu comentário