Dia da Infância: a importância desta fase para o desenvolvimento

Primeira infância é o período em que a criança desenvolve condições para lidar com o próximo

Todo 24 de agosto é comemorado o Dia da Infância, data criada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), com o propósito de propor uma reflexão sobre as condições de vida das crianças pelo mundo, a fim de superar quaisquer dificuldades e injustiças que venham a acontecer.

No Brasil, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), são consideradas crianças as pessoas com até doze anos de idade incompletos. A lei garante ainda que essa população deve ter seus direitos assegurados e as oportunidades necessárias para seu pleno desenvolvimento.

De acordo com a coordenadora de Educação Infantil do Colégio Marista Arquidiocesano, Márcia Sayoko Nanaka, na primeira infância se desenvolvem as condições para lidar com o outro, com o ambiente e também com os desejos internos. “A criança tem que ser vista como sujeito histórico que interage com o outro e com o meio, produzindo e transformando suas experiências, para elaborar suas intenções, ampliar seus repertórios, expressando-se por meio das múltiplas linguagens”, explica. 

O Colégio Marista Arquidiocesano, localizado em São Paulo (SP), possui um projeto denominado Interioridade, que desenvolve habilidades emocionais e sociais por meio de vivências e reflexões sobre o autoconhecimento na infância. O projeto incentiva o exercício da empatia, o diálogo para a resolução de conflitose a se entender para poder lidar com o que se sente, com o que se faz e com os desafios que se impõe, acolhendo melhor a si e aos outros.  

“O projeto estimula o pensamento criativo, a consciência corporal e o equilíbrio emocional do aluno, trabalhando práticas de autoconhecimento e autocuidado com os pequenos da Educação Infantil. É proposto um processo de acompanhamento dos estudantes para possibilitar com que cheguem à sua dimensão mais profunda e encontrem o que dá sentido à sua vida”, explica Márcia Sayoko Nanaka.

A coordenadora de Educação Infantil do Colégio Marista Arquidiocesano ainda explica que pais e familiares precisam sempre estar atentos e dialogar com os seus filhos, se interessando pelo universo das crianças.

“O cuidado e o respeito são fundamentais na relação com a criança. Ao perceber o interesse da família em suas questões, ela sente-se amada, respeitada, acolhida e protegida”, afirma a professora.

Sobre os Colégios Maristas

Os Colégios Maristas estão presentes no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 18 unidades. Nelas, os mais de 25 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br.

Siga @mamaebox no www.instagram.com/mamaebox

Você pode ter frete grátis e promoções exclusivas ao se tornar um membro Prime Amazon! Inscreva-se e ganhe 30 dias grátis CLICANDO AQUI. A assinatura é de apenas R$ 9,90 por mês e também garante entrega mais rápida, acesso a filmes, séries e desenhos animados. Assine 30 dias grátis!


Deixe seu comentário